Mandato Coletivo 1313

Blog do coletivo do mandato do dep. fed. Dr. Rosinha (PT-PR)

Qual o modelo de reforma eleitoral + aceito no PT e qual sua opinião pessoal s/ financiamento público de campanha/voto distrital/coincidencia de eleições/voto facultativo.? JOAO NILDO BEZERRA/@JOAONILDO51

with one comment

A proposta do PT de reforma eleitoral pode ser encontrada no site do partido — http://www.pt.org.br/portalpt/documentos/resolucoes-do-3o-congresso-41/pagina-1/ –, portanto aqui vou me ater a minha posição pessoal, que em grande parte coincide com a do PT.
Sou defensor do financiamento público de campanha. Ele é mais democrático que o modelo atual, em que predomina o poder econômico, tanto da riqueza pessoal como dos que obtêm mais recursos privados para a campanha.
O que muda o mundo ou um país é a ideologia, e não a região. Quando voto uma lei, ela vale para todo o país e não para uma região. Por esses e outros argumentos, sou contra o voto distrital. O voto distrital é uma barreira para os cidadãos e cidadãs que buscam apoio eleitoral por suas idéias políticas e ideológicas. Sou contra o voto distrital.
Karl Marx, em 1850, disse que o grande momento de você debater política e expor suas ideias é por ocasião das eleições. As eleições, ao contrário do que muitos pregam, é salutar para o povo, pois quanto mais debate político, maior é a consciência politica e social. Sou contra a coincidência de eleições.
Recentemente houve eleições para o Parlamento Europeu. Houve casos de países em que menos de 40% da população apta a votar compareceu às urnas para votar. Na semana passada, menos de 50% compareceram às urnas na Polonia. Em ambos os casos, políticos foram eleitos e decidirão pela vida dos 100%. O voto facultativo é lavar as mãos dos problemas de seu país. Por essa e outras razões, sou pelo voto obrigatório
O debate seria longo, pois para cada um dos temas tenho outras razões, mas paro por aqui.

Quer saber algo? Pergunte.

Anúncios

Written by Fernando César Oliveira

11/07/2010 às 10:39

Publicado em formspring.me

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Reforma Política. Voto Distrital! Algumas bancadas evangélicas e sindicais pisam em ovos.
    Como a quem não quer nada, defendem como simples mudança no sistema político. O que lhes daria poderes acima de qualquer outra organização brasileira. Diria que, talvez o comando da nação. O voto distrital.
    Cujo sistema já falei um tanto de vezes junto ao Voto em Lista, denunciando seus fundamentos totalmente ditatoriais. Aonde de início acabariam com a maioria dos pequenos partidos e o multipartidarismo, implantando automaticamente o bipartidarismo, em duas gigantescas frentes que se autodenominariam como esquerda e direita.
    José fonte de Santa Ana.
    Artigo completo em meu Blog


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: